Como Experimentar Um Negócio Antes De Investir Nele

Durante muito tempo eu estive pensando em formas e buscando alternativas para descobrir as maiores necessidades dos empreendedores, principalmente aqueles de “primeira viagem”. Desisti!

Agora eu resolvi falar sobre aquilo que eu considero realmente importante para um empreendedor, mesmo que ele não saiba ou até mesmo que ele discorde da minha opinião.

Nada é mais importante para mim do que experimentar um negócio antes de investir nele. Seja qual for o tipo de investimento, seja de tempo, dinheiro, energia, recursos, enfim.

Mas, como saber se o negócio que estamos desenvolvendo é realmente rentável antes de investirmos nele?

O Problema

Naturalmente não temos bolas de cristal ou cartomantes capazes de prever com exatidão os resultados de um negócio antes que este seja posto em funcionamento.

Mas será que não é possível verificar se o mercado é comprador antes de começarmos a investir em algo para vender?

Alguns diriam que pesquisas de mercado servem para isso, mas existe um fator que muitos deixam de lado ao investir tempo e recursos numa pesquisa.

Trata-se da tendência que o ser humano tem em concordar cordialmente com uma ideia que lhe pareça minimamente factível, mas que não lhe gere custos imediatos.

Funciona da seguinte maneira: um amigo chega para você, sabendo que você gosta de chocolates e diz, eu vou criar trufas de chocolate belga, você vai querer comprar?

A tendência natural é você dizer que sim. Mas, e se ele pedir um adiantamento de R$50,00 por trufa, quantas realmente você encomendaria?

Durante uma pesquisa as pessoas respondem às perguntas de forma descompromissada, isso pode mascarar a realidade do mercado e induzir um empreendedor a um erro gigantesco de investir num negócio que não tem valor suficiente no mercado para cobrir seus custos.

A Solução

Minha proposta de solução para essa situação é muito simples. Que tal fazer uma oferta de venda do seu produto diretamente para o seu consumidor, antes mesmo que o produto exista?

Isso é possível através da tecnologia. Embora muitas pessoas acreditem que esse recurso seja anti-ético, eu o considero mais seguro e valoroso para a sociedade do que se manter totalmente fiel a princípios éticos e ter um índice de 80% de mortalidade das empresas com menos de 3 anos no país.

Mas, como o que importa é a sua opinião, você pode expressá-la no final desse artigo nos comentários, se achar pertinente.

Por enquanto deixe-me explicar como o processo funciona.

O Método

Vou explicar a estratégia e se você desejar se aprofundar na metodologia, sugiro que se inscreva na minha lista para se manter atualizado quanto aos conteúdos e cursos que divulgo a respeito. Você pode se inscrever no formulário abaixo.

ESCREVA O SEU NOME E EMAIL ABAIXO E FAÇA PARTE DA MINHA LISTA VIP. VOU TE MANTER MUNICIADO DE DICAS PARA A CONSTRUÇÃO DO SEU NEGÓCIO DE FORMA SEGURA E RENTÁVEL.





Antes mesmo de pensar em abrir uma empresa, você certamente teve uma ideia.

Essa ideia representa um produto ou serviço que você imaginou, para resolver algum problema, de um certo tipo de pessoas.

O que você precisa fazer para descobrir se a sua ideia tem fundamento, ou seja, se ela é realmente vendável, é fazer uma oferta como se o seu produto já existisse.

Você faz isso da seguinte maneira:

  1. Imagine e documente que tipo de pessoas se beneficiariam com o seu produto e/ou serviço;
  2. Descubra onde você localiza mais facilmente essas pessoas (grupos, lugares, grupos em mídias sociais, etc.);
  3. Descubra que tipo de benefícios do seu produto e/ou serviço mais atraem a essas pessoas;
  4. Crie um anúncio que chame atenção para as necessidades daquelas pessoas, relacionadas ao seu produto, apontando para uma página na internet como tendo a solução;
  5. Crie uma página na internet que descreva as necessidades que você levantou dessas pessoas que o seu produto resolve;
  6. Em seguida mostre que há uma solução que gera algumas transformações positivas para aquelas pessoas;
  7. Conte a história de como você chegou a essa solução;
  8. Por último descreva seu produto, o que é, como ele funciona, quais são os benefícios dele, quais os bônus que você entrega junto a ele, quais as garantias que a pessoa tem ao comprar, qual o preço e as condições de pagamento;
  9. Acrescente um botão de comprar a essa página, direcionando para outra página aqueles que clicarem;
  10. Crie uma página informando que o produto e/ou serviço está temporariamente indisponível, mas caso a pessoa esteja interessada, basta se inscrever para ser avisada quando o produto/serviço estiver novamente disponível.

Essa estratégia possibilita que você crie uma oferta e ofereça exatamente como se você fosse vender um produto ou serviço e as pessoas que chegarem à página de venda, em sua maioria, realizariam a compra do produto nas condições em que você o descreveu.

Apurando o Resultado

Após criar essa estrutura, você divulga anúncios nos locais onde estão as pessoas a quem você quer atender.

Ao divulgar, algumas pessoas irão até a página e avaliarão a sua oferta.

Pela quantidade de pessoas que chegarem até a primeira página, comparado à quantidade de pessoas que chegaram até a página de venda e com quantidade de pessoas que se inscreverem para ser avisadas da disponibilidade do produto, você consegue definir se vale ou não a pensa investir na criação do produto/serviço e na abertura de uma empresa para comercializá-lo.

Mesmo que seu produto seja físico, e que você queira apenas revender algum produto que você julgue interessante, vale a pena investir um pouco de tempo e recursos para avaliar o seu negócio através dessa metodologia.

Esse método pode até mesmo garantir as primeiras vendas, para aqueles que se inscreveram para ser informados da disponibilidade.

Agora cabe a você me dizer se acha ético, “fingir” estar vendendo algo para analisar a viabilidade de um negócio.

Deixe um comentário abaixo caso você concorde ou mesmo que você discorde dessa prática.

Sua opinião é muito importante. É ela que patrocina o trabalho de construção desse tipo de conteúdo.

Compartilhe esse artigo com seus amigos caso tenha gostado ou com os inimigos caso não tenha gostado. Em ambos os casos você estará me ajudando.

Um Abraço,

Felipe Baqui
Coach

Artigos Relacionados:

1 Passo Essencial Para Construir Um Negócio De Sucesso

Como Multiplicar Sua Audiência Em 5 Minutos

Felipe Baqui

Felipe Baqui é analista de sistemas, advanced coach, especialista em desenvolvimento pessoal, tecnologia e marketing digital. Enfrentou aos 22 anos, a falência traumática de sua empresa. 10 anos depois começou um processo de autoconhecimento que possibilitou que hoje ele trabalhasse ajudando pessoas em processos de superação de grandes problemas.

Website: https://felipebaqui.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *