Preguiça e Procrastinação – Frases de Reflexão

Já parou para pensar na causa da preguiça e procrastinação? Afinal o que significa procrastinar?

Ao contrário do que parece, não é uma característica pessoal e nem algo normal em determinado tipo de personalidade.

Assista ao vídeo ou leia a transcrição deste para entender o que é a preguiça e um simples ato que pode minimizar seus efeitos.


Transcrição

Muita gente me fala que tem dificuldade de realizar as coisas por preguiça, ou procrastinação.

Mas de onde vem essa preguiça e essa procrastinação que impede as pessoas de fazer o que elas sabem que tem fazer.

Durante muito tempo, eu achei que a preguiça fosse uma característica pessoal.

Havia pessoas preguiçosas e outras não.

Pensando com calma eu percebi o seguinte, as vezes eu tinha preguiça de fazer algumas coisas e outras eu não tinha preguiça.

Eu percebi que a preguiça não era uma característica pessoal, e sim algo relacionado ao que a gente precisava realizar.

O Que Significa Procrastinar?

Depois de muito pesquisar e estudar sobre o assunto, eu identifique a causa da preguiça e da procrastinação.

Existe uma parte na nossa mente que cuida da economia de energia, não deixa a gente gastar energia de mais em processos que não vão compensar.

O que acontece é que, se a gente realmente não acredita lá no fundo da alma que aquilo que a gente esteja fazendo vai valer a pena.

A gente aciona esse mecanismo do cérebro, ele deixa a gente com preguiça de realizar as coisas para não gastar energia atoa.

A Solução

Mas existe uma forma da gente lidar com a preguiça e com a procrastinação de forma a anular esse mecanismo.

Se você conseguir dividir aquela tarefa enorme em pedaços muito pequenos.

Esses pequenos pedaços na nossa mente praticamente não vão gastar energia.

Se você focar neles, você vai conseguir realizar.

Vamos fazer um exercício, imaginar que você queira escrever um livro.

Só de pensar no trabalho que da escrever um livro, já da preguiça de levantar e sentar na cadeira para começar a escrever.

Se você dividir essa tarefas em pedaços bem pequenininhos, você vai conseguir fazer, quer ver?

Imagina primeiro o título do livro.

Depois que você conseguir um título, imagina um subtítulo.

Depois do subtítulo, imagina como vai ser o primeiro capítulo.

Depois é só imaginar como vai ser o próximo.

Depois de realizar todas essas pequenas partes e pensar em toda a estrutura do livro, por que não escrever a primeira frase?

A ideia é que você não vai terminar em um dia, você vai levar meses talvez.

E você tem que dar um passo de cada vez.

Afinal, o que é procrastinar? Não é deixar para amanhã o que se pode fazer hoje?

Com passos pequenos fica mais fácil encarar e realizar cada tarefa.

É dessa forma que se consegue realizar tarefas que são complexas e grandes.

Portanto da próxima vez que você estiver com preguiça de fazer algo, lembra: divide.

Espero que essa dica tenha te ajudado, até amanhã com a próxima dica.

Um abraço.

Felipe Baqui

Felipe Baqui é analista de sistemas, advanced coach, especialista em desenvolvimento pessoal, tecnologia e marketing digital. Enfrentou aos 22 anos, a falência traumática de sua empresa. 10 anos depois começou um processo de autoconhecimento que possibilitou que hoje ele trabalhasse ajudando pessoas em processos de superação de grandes problemas.

Website: https://felipebaqui.com.br

6 Comentários

  1. Maria de Fátima cavalcanti

    Ótima dica e muito verdadeira, no meu caso isso acontece quando tenho que me exercitar, apesar de saber da importância dessa prática para a saúde, me bate sempre uma preguiça, e agora estou acreditando que o motivo é esse mesmo, economia de energia, pois meus dias são muito atarefados e tenho receio de não sobrar disposição para as tantas outras tarefas. Essa dica foi muito valiosa, vou tentar me organizar melhor. abraços.

    • Olá Maria, tente estabelecer um horário específico ou que você fará os seus exercícios imediatamente antes ou depois de alguma outra atividade que você já faça regularmente.
      Essa técnica facilita que você estabeleça o hábito de se exercitar.
      E lembre, não pode falhar. Mesmo que o dia esteja corrido e não haja tempo para nada, faça 5 minutos apenas, pois o importante é manter o hábito de fazer exercícios. O ganho virá da repetição e não do esforço unitário.
      Boa sorte.
      Um abraço.

      • José Expedito Rodrigues Ferreira

        Compartilho! Realmente, quando o trabalho é grande se deixa para depois, como na análise de processos, pois quanto menor o for, faço logo, a vontade de conclui-lo aumenta, ao passo que aquele processo enorme vai ficando para amanhã… Gostei da dica de dividir as tarefas grandes, ou seja, uma forma de sabotar esse mecanismo do cérebro que nos prejudica e impede de avançar.

  2. José Expedito Rodrigues Ferreira

    Compartilho! Realmente, quando o trabalho é grande se deixa para depois, como na análise de processos, pois quanto menor o for, faço logo, a vontade de conclui-lo aumenta, ao passo que aquele processo enorme vai ficando para amanhã… Gostei da dica de dividir as tarefas grandes, ou seja, uma forma de sabotar esse mecanismo do cérebro que nos prejudica e impede de avançar.

    • Oi José, obrigado por seu comentário. Uma coisa que eu esqueci de falar no vídeo é sobre a recompensa. Nosso cérebro gosta de perceber que os ciclos se fecham, ou seja, que há um sentido por trás daquilo que está fazendo. Uma recompensa é uma excelente forma de nos comprometer a concluir uma tarefa e pode aumentar muito as chances de completarmos mais rapidamente o que temos para fazer.
      Espero ter ajudado.
      Um abraço.

  3. Pingback: Persistência ou Teimosia?! - Qual a Diferença? - Grandes Conquistas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *